O REI LEÃO E O REI JESUS

22/07/19

 

O filme “Rei Leão”, produzido pela Disney no ano de 1994, e agora transformado em versão digital HD, tem muito haver com a vida de Nosso Senhor Jesus Cristo, pode-se assim dizer que o filme é uma leitura da vida de Jesus. O filme começa com uma convocação aos animais para uma reunião em um lugar chamado “a pedra do rei”, eis que então surge os pais de Simba, sendo o leãozinho carregado por sua mão no colo, e alí, os entrega nas mãos de Rafiki, uma espécie de ancião, que unge sua testa o marcando como rei, e logo em seguida o apresenta para os animais, e estes, se curvam como ato de respeito e humildade para aquele leãozinho. Esta imagem, faz alegoria ao episódio da vida de Jesus Cristo na qual ele é levado pelo seus pais, José e Maria ao Templo de Jerusalém, para assim ser apresentado por Simeão (cf Lc 2,21-34). A partir desta cena, começa a vida de Simba que vai ser preparado por seus pais para ser o novo Rei. no decorrer do filme percebe-se que muitos são os obstáculos e as dificuldades que aquele leãozinho passa até chegar ao reinado. Assim como Jesus, que após a apresentação no templo, onde começa a sua vida pública, passa por inúmeras dificuldades até chegar o dia da glória de sua ressureição. O Pai de Simba, o grande sábio Mufasa, pode ser comparado a José, que o ensinou as dificuldades da vida, e sua mãe, Sarabi, a Maria, que carrega o menino em seu colo, que o protege. Outro personagem significativo na dramática do Rei Leão é o Scar, o irmão de Mufasa, que é o contra, o adversário, que atenta contra a vida de Simba com um único objetivo: assumir o Reino no lugar do pequeno leãozinho. Scar, não age sozinho, pois ele não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, para isso ele age com ajuda de Hienas, que persegue Simba, e o coloca contra a parede para tentar tirar sua vida. transformando esta imagem em uma literatura bíblica pode-se assim dizer que a figura do Scar, e a do próprio diabo, que usa de espíritos impuros, ou até mesmo se pessoas, para tentar Jesus Cristo, o colocar contra a parede para tirar sua vida. O desejo de satanás é assumir o lugar de Deus, ser Deus, ser superior, assim como Scar que tem o desejo em ser o Rei. Os dois Reis, Simba e Jesus, vão até o deserto para serem preparados para as aventuras da vida. No deserto, Simba aprende a célebre frase: “HAKUNA MATATA”, é uma frase falada na África Central, que quer dizer: “ok” ou “sem problemas”, esta frase explica o que o pequeno Simba já acreditava, em uma vida de bênçãos, de alegrias. Assim no mesmo deserto o leãozinho aprende que a vida não é bem assim, que pra enfrentar a vida é preciso coragem, e é com sofrimento que se vence as dificuldades. Assim como disse o Rei Jesus no deserto: “Não somente de pão o homem viverá, mas de toda palavra da boca de Deus” (cf Mt 4,4). Por fim, o que ainda permanece desta história é que Mufasa salva Simba de várias situações, e muito mais que isso, ele se entrega a morte por seu filho, Mufasa morre para que seu Filho possa assumir o reinado. Assim é a história de um Deus que morre numa Cruz para que o mesmo Deus possa ser Rei, e essa morte trouxe para o  homem, vida, esperança e salvação. Simba enfrentou Scar assim como Cristo enfrentou a Cruz, essa história parece confusa, mas é uma história fantástica, pois trouxe ao mundo a história da redenção. Deus (Mufasa) que tem seu filho o futuro Rei; Satanás (Scar), que a todo tempo tenta pôr um fim ao desfecho da história; Jesus (Simba), filho e Deus e futuro Rei; e naturalmente o seu povo (reino animal), que se prosta, reverencia, adora, o Rei dos Reis Jesus Cristo e Senhor Nosso.

 

Autor:Fernando Renato Salzillo Pereira
Seminarista